• Via di San Gallicano, Rome, Italy
  • (39) 06 8992225
  • dream@santegidio.org

Assinado um acordo de colaboração entre o programa DREAM e a embaixada japonesa em Maputo em prol da saúde das mulheres

No passado dia 27 de Fevereiro de 2017 foi assinado um contrato entre a Comunidade de Santo Egídio e a Embaixada Japonesa em Maputo para a realização do bloco para a prevenção dos tumores no “centro para a saúde da mulher” em Zimpeto, Maputo.

A área de Zimpeto encontra-se no distrito de Ka Mabukwana, na periferia Norte de Maputo. A população do distrito é de cerca de 337.000 habitantes dos quais 60% com idade compreendida entre os 15 e os 64 anos. O distrito é uma das áreas mais populosas de Maputo e as estruturas sanitárias presentes (6 centros de saúde e um hospital) são insuficientes.

A população do distrito é constituída, sobretudo, por pessoas recentemente imigradas das áreas rurais, e contam-se numerosos edifícios residenciais acabados de construir, enquanto que cerca de 13% das habitações é formada por cabanas de palha.

O centro para a saúde da mulher é um centro polivalente, onde estão previstas secções especializadas para o tratamento da infecção por HIV (que tem uma prevalência entre os adultos de 23% em Maputo), a prevenção da transmissão mãe-filho, para o diagnóstico precoce das neoplasias das mulheres, uma secção para o tratamento da Tuberculose (primeira causa de morte entre as pessoas com HIV e uma entre as primeiras causas de morte em geral em Moçambique) e uma zona destinada à suplementação nutricional dos pacientes malnutridos.

Nos primeiros três anos de actividade, prevê-se tratar cerca de 5000 pacientes HIV+. Cerca de 500 mulheres poderão, todos os anos, beneficiar também do rastreio do cancro do colo do útero, cuja incidência em Moçambique é uma das mais altas no mundo (42-60 novos casos por ano, cada 100.000 mulheres). As mulheres com HIV estão mais expostas ao risco de desenvolver o tumor do colo do útero.

Como nos outros centros DREAM, também no novo centro de Zimpeto serão adoptados os protocolos mais avançados seja na formação da equipa, seja nos standards de diagnóstico e terapêuticos.

A embaixada japonesa já contribuiu para a realização do centro de saúde de Matola 2; com o acordo acabado de assinar, dá-se um outro passo importante na colaboração entre o programa DREAM e a embaixada japonesa em Maputo, no esforço comum de melhorar a saúde do povo moçambicano.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Esta página também está disponível em: itItaliano enEnglish frFrançais esEspañol