• Via di San Gallicano, Rome, Italy
  • (39) 06 8992225
  • dream@santegidio.org

DREAM 2.0: Prevenção dos tumores femininos em parceria com a Fundação Veronesi

Há mais de 10 anos que DREAM está presente na Guiné na luta contra a SIDA e a abordagem de DREAM foi sempre a de colocar no centro dos esforços o paciente, o homem e a mulher não como doença, mas como pessoa, cada um com as suas próprias necessidades e características. O tratamento da SIDA e das patologias a ela conexas permitiu a muitos de compreender como é possível viver bem com a SIDA, às mulheres de gerarem filhos saudáveis e de conservarem as próprias forças para cuidarem deles. A atenção à mulher é prioritária por muitas razões, não só porque é a primeira vítima da doença (mais de metade dos pacientes são mulheres) mas também porque, através delas, mais conscientes da responsabilidade para com a própria família, é possível chegar ao núcleo familiar, às crianças e, por fim, ao companheiro.

Desta atenção comum para com a saúde da mulher, nasceu a aliança com a Fundação Veronesi que permitiu a formação de um médico especializado no diagnóstico dos tumores da mama e o envio de um ecógrafo, com sondas apropriadas também para outros exames.

O diagnóstico na Guiné custa muito e não é de fácil acesso. Assim, na perspectiva de DREAM 2.0 os médicos que trabalham nos centros DREAM puderam ter a possibilidade de terem acesso ao instrumento e de se abrirem à perspectiva de oferecerem aos próprios pacientes outras possibilidades de diagnóstico e de tratamento.

Verificada a boa condição do ecógrafo, todos os médicos que trabalham no centro foram recrutados para fazerem um curso teórico prático sobre a ecografia.

O procedimento incluiu um pré e um pós teste para avaliar o impacte da apresentação teórica mas, sobretudo, o interesse para com esta forma de diagnóstico inovadora nos nossos centros.

O entusiasmo foi grande e depois de uma explicação suficientemente exaustiva todos puderam utilizar pessoalmente o aparelho, ora como operador, ora como paciente.

Foi suficiente este pequeno curso para evidenciar como são frequentes na população guineense os problemas da tiróide; com efeito, no rastreio efectuado durante o curso, confirmou-se que em cada dois membros do pessoal com familiaridade com problemas da tiróide, um é positivo e outro é negativo em relação à presença de alterações. A formação para a utilização deste instrumento de diagnóstico continuará nos próximos meses, focalizada sobretudo no rastreio dos tumores femininos.

DREAM 2.0 continua a ampliar a oferta de diagnóstico para a admissão total dos pacientes com instrumentos melhores, graças ao apoio de parceiros peritos como a Fundação Veronesi.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Esta página também está disponível em: itItaliano enEnglish frFrançais esEspañol