• Via di San Gallicano, Rome, Italy
  • (39) 06 8992225
  • dream@santegidio.org

Nigéria: Inicia a actividade do centro DREAM de Abuja

Em Kubwa, subúrbio de Abuja, a capital administrativa da Nigéria, iniciou recentemente a própria actividade um novo centro DREAM, gerido pela Congregação das Filhas da Caridade em colaboração com a Comunidade de Santo Egídio. Encontra-se mesmo ao lado do hospital das irmãs vicentinas e possui uma estrutura de screening e um laboratório de biologia molecular.
O centro DREAM que acabou de abrir é o primeiro previsto no grande e populoso país anglófono da África ocidental (com mais de 130 milhões de habitantes), com uma prevalência do HIV estimado em cerca de 5,4% (o que significa, sete milhões de seropositivos).

 
Por esta razão, DREAM já atraiu muitos pacientes, actualmente mais de 300, que apesar de saberem há muito de serem seropositivos, nunca tinham até agora tido a oportunidade de se tratarem por motivos económicos. A gratuidade e a acessibilidade do tratamento, dois dos pilares da actividade de DREAM em África, revelaram-se as respostas adequadas à silenciosa espera de muitos.

 
Um dos objectivos prioritários do novo centro DREAM – de acordo com o serviço sanitário nacional da Nigéria – será também o de chegar ao maior número possível de mulheres grávidas, para poder iniciar uma prevenção radical da transmissão vertical (de mãe a filho) do vírus do HIV.

A equipa de DREAM, formada por 16 operadores que seguiram os nossos cursos de formação em Moçambique e no Malawi, empenha-se com entusiasmo e todos estão orgulhosos por trabalharem num centro de excelência e de poderem tratar os pacientes com profissionalismo e com resultados visíveis.

 
Um grupo de doentes começou também a reunir-se de quinze em quinze dias: fala-se da doença, de educação sanitária, do estigma e de como vencer o medo, por si e pelos outros. Participámos a uma reunião deles e contámos como nasceu o DREAM, acerca dos pacientes nos outros países, da associação dos activistas.
O espaço ocupado pela estrutura gerida pelas Filhas da Caridade pretende ser, na verdade, um oásis de esperança no grande quarteirão de Kubwa.

Facebooktwitterpinterestlinkedinmail