Image Not Found

Category Page: Rep. Dem. del Congo

Os desafios da terapia HIV e a co-infecção HIV/TB em África

Organizado pelo Programa DREAM da Comunidade de Santo Egídio, realizou-se na semana passada, em Kinshasa um curso de formação para profissionais de saúde, subordinado ao tema Os desafios da terapia HIV e a co-infecção HIV/TB em África”, ao longo do qual, entre os vários temas debatidos, foram tratados os aspectos ligados com a passagem para as terceiras linhas de antiretrovirais e o uso do teste de resistência. (. . .)

Um congresso sobre o papel dos activistas no tratamento da SIDA

Na passada sexta-feira dia 21 de Julho, realizou-se em Kinshasa na sala do PNLS (Programa Nacional de Luta contra a SIDA), um congresso subordinado ao título “Partilha da experiência dos activistas do programa DREAM na luta contra o HIV/SIDA”.

A ideia nasce do interesse cada vez maior do Programa Nacional, responsável no país pela admissão dos pacientes HIV, para com a experiência de DREAM, que apresenta também na RDC óptimos resultados de retenção. (. . .)

Renovado o acordo entre DREAM e a Associação Crianças do Danúbio para o apoio ao Programa no Congo RDC

O Programa DREAM está presente no Congo RDC desde 2009 em Mbandakà e desde 2011 em Kinshasa com a abertura do Centro Floribert Bwana realizado graças ao contributo da Associação Crianças do Danúbio e da Companhia de Seguros Generali.

A Associação Crianças do Danúbio e o seu Presidente Dr. Sergio Balbinot não deixaram, durante todos estes anos, de apoiar com a própria ajuda concreta e com a solidariedade necessária, o desenvolvimento do Programa DREAM no país. (. . .)

Formar para chegar a todos

8bTerminou, recentemente, no Centro DREAM de Kinshasa, um importante Curso de formação. A estratégia de luta contra a SIDA requer cada vez mais um maior empenho perante o objectivo traçado pela OMS de se chegar em 2020 a “90, 90, 90” (90% de pessoas submetidas ao teste, 90% em terapia com anti-retrovirais, 90% com uma carga viral sob controlo). Na República Democrática do Congo (dado de 2014) 78% das mulheres e 84% dos homens não têm acesso ao teste: o despiste do HIV é, pois, uma prioridade absoluta. (. . .)

Garantir o acesso à água, garantir a vida

20150722_090427[1]

Ter acesso à água potável no mundo e, sobretudo, nos países pobres, significa garantir o direito à saúde. Um direito muitas vezes negado às populações das áreas mais pobres da África.

Na África subsaariana, cerca de um terço da população ainda não tem acesso à água potável; (Programa Conjunto WHO/UNICEF para o fornecimento dos serviços hídricos e de higiene pública (Joint Monitoring Program for Water Supply and Sanitation). (. . .)

República Democrática do Congo. Um salto de qualidade

3. La formazioneJá se passaram três anos e meio do início das actividades do Programa DREAM da Comunidade de Santo Egídio em Kinshasa, e cerca de 6.000 doentes foram assistidos e tratados. Muitos sonhos se realizaram, muitos mais ainda estão “nos estaleiros”.
Em acordo com o Ministério da Saúde congolês e com o apoio da Cooperação Italiana, o Programa deu os seus primeiros passos em 2011, com o objectivo de cuidar dos que, afectados pelo HIV-SIDA, Tuberculose, Malária, habitavam no quadrante Este da capital da RDC. (. . .)